fechar
Tradição

Torii, um dos símbolos do Japão

Portal xintoísta marca entrada em lugar considerado sagrado


por Henrique Minatogawa
24.05.2011

Um dos torii do santuário xintoísta Kasuga Taisha, na província de Nara
Um dos torii do santuário xintoísta Kasuga Taisha, na província de Nara

O torii é um dos elementos mais reconhecidos quando se fala em Japão. É uma construção típica do xintoísmo, a religião nativa do país, e representa a entrada em território considerado sagrado.

Quando feito de madeira, o torii geralmente é pintado de vermelho – segundo a tradição japonesa, tal cor tem o poder de espantar doenças. Existem torii feitos de pedra, bronze e outros materiais também.

Torii no bairro da Liberdade, em São PauloTorii no bairro da Liberdade, em São PauloA partir do período Nara (710-794), o budismo ganhou força no Japão, o que teve como consequência a construção de alguns dos maiores templos do país. Ao mesmo tempo, o xintoísmo também evoluiu seus rituais e arquitetura própria.

Exceto em breves períodos de conflito, as duas religiões coexistiram harmoniosamente. Santuários xintoístas eram construídos dentro da área de templos budistas para abrigar a divindade que protege o local.

Um grande exemplo desse sincretismo é o Kane no Torii, localizado próximo da entrada do templo Kinpusenji, na província de Nara. Ele foi feito do bronze que sobrou da confecção da grande estátua do Buda do Todaiji e tem em sua base a flor de lótus, um dos símbolos do budismo.

Em alguns santuários, há grande quantidade de torii enfileirados, podendo chegar a milhares, formando praticamente um longo túnel. Esses torii, geralmente menores (aproximadamente dois metros de altura), são doados por devotos em agradecimento por saúde, prosperidade nos negócios e outros motivos.

O torii também é utilizado como ícone em mapas, indicando onde há santuários xintoístas.

O torii de Omiya Jinjya, na cidade de Sakurai, tem 32 metros de altura
O torii de Omiya Jinjya, na cidade de Sakurai, tem 32 metros de altura

Veja também:
.: Estátuas de raposas ou komainu (cão-leão) protegem santuários xintoístas

Voltar ao topo da página
Tradição
Phoenix Wright pode virar filme dirigido por Takashi Miike
Japão pode exigir painéis solares em construções novas
Made in JapanCopyright Editora JBC. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Editora JBC.
Editora JBC  | Mangás JBC  | Livros JBC  | Henshin!  | WCS - Brasil  | Restaurantes Japoneses  | Hashitag