fechar
Turismo

Monte Fuji

Cartão-postal do país, a montanha é um desafio para quem quer chegar ao topo. Mas a paisagem compensa


por Redação Made in Japan
25.08.2004
0825_monte_fujiin.jpg

Em uma definição geográfica, trata-se de uma elevação em forma de cone perfeito, cujo topo é o ponto mais alto do Japão, com 3.776 metros de altura. Vulcão inativo desde 1707, alguns especialistas dizem que nada o impede de, a qualquer momento, entrar novamente em erupção. Afinal, o que é o Monte Fuji? Qualquer criança japonesa sabe que aquela fotogênica montanha de cume branco pertence à categoria dos monumentos - naturais ou feitos pelo homem - que identificam um país. Como exemplos, podem ser citados os Estados Unidos e a Estátua da Liberdade, a França e sua Torre Eiffel, e o Japão e o Monte Fuji.

Ponto turístico disputado por japoneses e estrangeiros, o Fuji também é um conhecido local de peregrinação. A maioria dos nipônicos deseja subir a montanha pelo menos uma vez na vida. A cada ano, mais de 300 mil pessoas encaram os 10 estágios da trilha que leva ao topo do monte, a qual fica aberta para visitantes somente nos meses de verão.

Lá em cima, depois de 5 horas de subida ao Fuji, o visitante percebe o que ganhou: uma vista impressio-nante, que compensa o esforço. Se a escalada for à noi-te, o aventureiro pode apreciar o nascer do sol lá em ci-ma, perto do topo do mundo. Depois de contemplar a paisagem, o desafio é descer, o que é quase tão com-plicado quanto subir.

É assim que a coisa funciona há milhares de anos, desde quando o Fuji era algo tão sagrado que somente monges e peregrinos podiam escalá-lo. Algumas coisas, porém, mudaram. No topo, máqui-nas de ven-der re-frigerante aguardam para matar a sede dos aven-tureiros. A infra-estrutura está pre-sen-te - e custa dinheiro, mostrando que mesmo ali o capitalismo já tem espaço. É hora de descer do cartão-postal.

Voltar ao topo da página
Turismo
Koizumi vem ao Brasil em setembro
Japoneses ganham CD especial de Elis Regina e Tom Jobim
Made in JapanCopyright Editora JBC. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Editora JBC.
Editora JBC  | Mangás JBC  | Livros JBC  | Henshin!  | WCS - Brasil  | Restaurantes Japoneses  | Hashitag